Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gorda sim, mas com Humor!

Sou uma Ex-Obesa Morbida e criei este blog apenas para que a minha experiencia possa ajudar e esclarecer quem tambem sofre desta doença

O Pós-Operatório

Um paciente com Obesidade Morbida é um doente que terá que estar devidamente informado e consciêncializado quanto ás mudanças que acontecerão na forma de se alimentar e de viver,bem como a necessidade de ser acompanhado por uma equipa médica.alimentação pós-operatorio

As complicações pós-operatórias relacionadas com a alimentação acontecem quando não se está suficientemente "disciplinado" resultando assim vómitos frequentes ou obstrução esôfago-gastrico com pedaços de alimentos que causam desconforto e por vezes até um emagrecimento acompanhado de carências nutricionais.

No pós-operatório inicia-se uma alimentação com uma dieta liquida restrita (liquidos claros) e em pequenas quantidades.

Depois será alterada para uma dieta liquida, mas mais calórica (leite, iogurte liquido dietético).

De seguida evolui-se para uma dieta pastosa sensivelmente por 15 dias e daí segue-se uma dieta de consistência normal.

Nunca se poderá esquecer que a cirurgia somente impõe uma barreira anatómica para a injestão de alimentos e por isso é fundamental que cada um reconheça a importância de aderir ás normas e rotinas propostas pela equipa médica porque a perda de peso depende em muito da atitude de cada um.

 

sorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorriso

 

Estou de volta, com mais 5 furinhos!bypass10.11.2006 027-2.jpg

Como tinha dito,o meu dia R (Renascer) foi dia 31 e correu tudo bem,voltei para casa 6 dias depois.

Apenas terei que ter cuidado para não fazer esforços exagerados e muito cuidado em fazer a dieta dada pela nutricionista.

Não tive dores, apenas um pequeno incomodo com o dreno, mas depois tudo correu muito bem.

A dieta, que é dada para os primeiros 15 dias, não é dificil de se fazer porque não se tem fome, apenas se come ou bebe 1 dl sempre com um intervalo de sensivelmente 1h30m e cada refeição terá que durar entre 15 a 30 minutos

 

sorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorrisosorriso

 

Agora para desanuviar...

Todos nós temos momentos em que olhamos para esta ou aquela celebridade e lhe invejamos o bom fisico...

Eu confesso!

A que mais nervos faz á minha massa (menos) muscular é a ...BARBIE!

Por isso... adorei vê-la de duplo queixo!sorriso 

barbie.jpg

Avaliação Nutricional*

Todos nós devemos estar consciencializados quanto às mudanças alimentares na nossa vida depois da cirurgia bariátrica .
Para que o procedimento se torne um sucesso duradouro é fundamental o acompanhamento nutricional no pré –operatório e pós-operatório, e que ele seja adquirido para o resto das nossas vidas.
O objectivo do acompanhamento nutricional é buscar o bem estar físico e emocional, através da selecção dos alimentos que contenham os nutrientes adequados, e que atendam às necessidades de cada um de nós para que a rápida perda de peso não leve à desnutrição.

 

O aconselhamento nutricional no período pré–operatório é uma forma de nos preparar para o sucesso no pós-operatório. Ele tem como objectivo promover a perda de peso inicial, reforçando a nossa percepção de que a perda de peso é possível (apesar de nós os obesos, considerarmos que nos pedem metas inalcançáveis), identificando os erros e transtornos alimentares, mostrando-nos assim expectativas reais de perda de peso, preparando-nos para a alimentação no pós-operatório e assim verificarem o potencial para o sucesso da cirurgia de cada um de nós.

 

Através de alterações simples e práticas no pré operatório começamo-nos consciencializar e a prepararmo-nos para as mudanças que os nossos hábitos alimentares irão sofrer. É uma forma de nos “treinar” a comer devagar, mastigando bem os alimentos, com "garfadas" pequenas e espaçadas e assim estarmos motivados a uma escolha de alimentos com qualidade.
Este processo facilitará o pós-operatório, evitando desconfortos e favorecendo a perda de peso saudável, principalmente a massa gorda.

 

A alimentação no pós operatório deve ser de baixo teor calórico, mas ser nutricionalmente completa e fraccionada, ou seja, ingerirmos pequenos volumes várias vezes ao dia.

 

No caso da cirurgia bypass gástrico e banda gástrica existem 3 fases pelo qual a dieta é composta:

 

1ª Fase Dieta Liquida tem duração de 30 dias e a alimentação deve ser totalmente liquida, sem pedaços ou resíduos.


2ª Fase Dieta Pastosa é uma fase de transição com duração de 15 dias sensivelmente, e é importantíssimo que tenhamos aprendido a mastigar bem e comer devagar.


3ª fase Dieta de sólidos da 2ª para a 3ª fase a evolução é gradual até chegarmos a uma alimentação normal. É nesta altura que temos que dar uso aos dentes e não sermos preguiçosos ou apressados em mastigar.sorriso.gif

 

Tenham em atenção que a variedade de alimentos é fundamental para prevenção de deficiências nutricionais é preferivel perder peso mais devagar mas de forma saudável!