Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gorda sim, mas com Humor!

Sou uma Ex-Obesa Morbida e criei este blog apenas para que a minha experiencia possa ajudar e esclarecer quem tambem sofre desta doença

[53] Carla Martins

37553_136675423021806_8155307_n.jpg

 

Nome:Carla Martins

Idade:34 Anos

Situação: Bypass Gástrico

Data do Testemunho:25.06.2010

 

Olá!!!

Eu sou a Carla tenho 34 anos, e fiz a cirurgia Bypass Gástrico.

Desde muito nova sempre fui “gordinha”, e com o passar dos anos foi piorando o peso, estatura física e saúde.

Devido ao excesso de peso fiquei com varizes nas pernas, e estava em lista de espera para ser operada.

 

Quando comecei com as consultas Pré operatório, os médicos disseram-me que só poderia ser operada se perdesse peso. Receitaram-me todo o tipo de dietas e medicamentos, mas sem sucesso não perdia peso por nada que fizesse. Chegaram á conclusão (médicos), que a melhor solução seria fazer uma operação para perder peso.

Inicialmente recomendaram-me a Banda Gástrica, em que eu muito renitente aceitei. Após quase 3 anos em lista de espera finalmente fui chamada para a primeira consulta de cirurgia geral, em que o médico me falou noutra cirurgia um pouco mais radical nos resultados mas com sucesso garantido, visto que na altura a Banda Gástrica estava a apresentar maus resultados, e alguns casos tiveram que ser efectuadas novas operações para retirarem a Banda.

 

Foi nesta altura em que ouvi ela primeira vez em Bypass Gástrico. Com muito receio e medo, aceitei com o apoio da minha família. Após de muitas consultas de preparação, esclarecimentos e mudanças de médicos, chegou o dia D. No dia 27 de Fevereiro de 2009 fui operada no Hospital Dr. Fernando Fonseca (Amadora/Sintra).

A operação correu bem mas na mesma operação, os médicos aproveitaram para me retirar a vesícula que já se encontrava com uma infecção crónica e com pedra, nessa retirada as coisas complicaram-se, pois a pedra que tinha voltou a cair para o sítio da vesícula criando uma fístula, na nova ligação do estômago ao intestino.

Esse problema foi detectado já na recuperação, ainda internada nos exames Pós operatório, em que bebia um liquido azul esse mesmo liquido estava a aparecer no depósito do Dreno. Os médicos com este problema ja me alertavam que se a fístula não “remendasse” por si mesma, teriam que operar novamente.

Após 15 dia de internamento, um principio de uma depressão e menos 10 KG, finalmente tive alta hospitalar. A recuperação foi difícil, muitos vómitos, aprender a comer e algumas dores, lá me fui educando com os conselhos dos médicos que me seguiam, com muita pesquisa na internet e também com a comunicação com pessoas que já tinham feito a mesma operação nos Blogues do XXLight e Power of Change.

Quase 1 ano e meio após operação perdi 54KG, os problemas de saúde que tinha desapareceram, sinto-me muito feliz e bem comigo mesma.