Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gorda sim, mas com Humor!

Sou uma Ex-Obesa Morbida e criei este blog apenas para que a minha experiencia possa ajudar e esclarecer quem tambem sofre desta doença

[35] Sofia


Nome:
Sofia

Idade:28 Anos

Altura: 1,56

Peso: 104 Kg

Situação:Fez Bypass Gástrico a 25/06/2007

Data do Testemunho: 11.07.2007

 

 

Olá! O meu nome é Sofia e tenho 28 anos. Sou escriturária e resido na zona de Santa Maria da Feira. Neste momento para além de trabalhar também estudo à noite, estou no 1.º ano do curso de Finanças na Universidade de Aveiro, não é fácil trabalhar um dia inteiro e ainda ter que percorrer 65 km para cada lado para ter mais 4 horas de aulas, mas hei-de conseguir.

Sou uma pessoa como tantas outras com o stress do dia a dia, com sonhos e que luta por um futuro melhor.
Tenho estabelecido etapas e prioridades ao longo da minha vida e felizmente tenho conseguido.

Neste momento estou numa das fases mais importantes decidi cuidar de mim.!!

Sempre fui gordinha desde os meus 12 anos e a minha altura estagnou no 1.56m o meu peso foi oscilando ao longo destes anos e eu ia insistindo com dietas doidas, medicamentos, médicos “milagrosos”, e com isto apenas consegui fazer do meu corpo um iô-iô. O meu último tratamento foi antes de casar com um medicamento chamado Reductil e, realmente emagreci tendo ficado na ordem dos 85 kg mas, o problema foi depois de parar de o tomar. Para além do preço que rondava os 80 euros (28 comprimidos) a médica que me acompanhava disse-me que não deveria tomar mais do que o tempo que já tinha decorrido pois podia causar sequelas cardíacas. Não tive outra alternativa. Continuei com a dieta mas engordava a olhos vistos chegando a desanimar e foi assim que cheguei aos 3 dígitos (104 kg).

Decidida a encontrar uma solução para o meu problema, pedi à medica de família que me encaminhasse para consultas no hospital para ver em que sentido me poderiam ajudar. A primeira consulta foi no dia 16 de Outubro de 2006 e aí me falaram no Bypass Gástrico explicando muito pouco do que se tratava, apenas sabia que era uma cirurgia e que os resultados eram muito bons.

Encaminhado o processo, exames, consultas, analises estava tudo pronto para a marcação da cirurgia…seria dia 26 de Abril de 2007 (pouco tempo, devem achar! Claro que com umas ajudinhas…).

A ansiedade tomava conta de mim e confesso que esse foi o meu maior problema. Mas como nem tudo é o que se espera, recebi uma carta em casa a informar que por motivos imprevistos a cirurgia iria ter que ser alterada para o dia 25 de Junho… mais 2 meses…. não queria acreditar mas, lá teve que ser e a verdade é que passou depressa.

Hoje, dia 11 de Julho 2007 aqui estou, com 2 semanas pós cirurgia e recuperar muito bem. Não vou mentir, custou-me bastante. Mas o que é que não custa nesta vida? O facto de alguém comentar que custa muito ter um filho faz alguém desistir de ser mãe? Será a minha etapa seguinte (mas só daqui por 2 anos, antes não é aconselhável por causa da cirurgia).

Agora encontro-me bem, sem dores e com tudo cicatrizado. Apenas um pouco revoltada com o hospital onde fui operada pela falta de acompanhamento da parte nutricional mas em compensação tenho descoberto muitas coisas neste blog e nas conversas de apoio com a “madrinha” (desde já o meu muito obrigado pela criação deste extraordinário site) que tanto me tem ajudado.

Ainda não sei o que é um vomito desde a operação, apenas uma sensação de desconforto de vez em quando, mas os 10kg que já perdi compensam em muito tudo o que já passou.

Estou muito feliz por ter dado este passo e não me arrependo nem um minuto. Sinto que estou a lutar por mim e isso faz-me sentir ainda melhor.
Acreditem que vou continuar a colocar aqui a evolução do meu caso em concreto e a ler os casos novos que aparecem.

Lutem por vocês, pois merecem!