Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gorda sim, mas com Humor!

Sou uma Ex-Obesa Morbida e criei este blog apenas para que a minha experiencia possa ajudar e esclarecer quem tambem sofre desta doença

Um pouco Sobre Mim*

Nasci e cresci sem problemas de peso. 

1.jpg

 

Lembro-me de ser miúda e de ser muito gulosa.

Os meus avós, (como todos os avós que querem agradar aos netos) davam-me pão com manteiga e açúcar.

Hoje em dia, era incapaz de comer tal coisa, e nem sei como gostava, mas o que é certo é que comia, adorava e nem por isso era uma criança obesa! 

 

Veio a adolescência e recordo que com 17 anos tinha 1.70cm e 65 kg!

Era uma adolescente no corpo de um "mulherão".

 

A partir dos 19 anos, comecei a engordar.

O crescimento parou, mas os erros alimentares continuaram.

 

Comecei aos poucos a viciar-me em doces e a engordar cada vez mais. Tinha essa noção, mas acreditava (ou queria acreditar) que era só eu fazer uma dieta, e voltaria a ficar no "ponto"!

 

Os anos foram passando, os quilos aumentando, e eu sempre sem querer ver que o excesso de peso já era preocupante.

Um dia, encontrei uma ex-colega que não me reconheceu devido á minha figura estar completamente alterada.

 

Decidi então pesar-me...afinal só deveria ter mais uns 10 ou 15 quilos, nada que uma dieta não resolve-se... (julgava eu...)

Quando olhei para a balança nem queria acreditar! Eu já estava nos 3 dígitos!!!

Tentei várias dietas, mas nunca fui verdadeiramente disciplinada a ponto de ter resultados.

 

Cheguei então a uma altura da minha vida que tinha de fazer uma escolha:

 

- Ou ser uma gorda que se recusava a sê-lo, fazendo dietas sucessivas, e tendo como resultado, apenas um mau humor por não baixar o ponteiro da balança.

 

- Ou assumir que era gorda, e tirar todo o partido disso...com o sentido de humor!

 

Optei pela segunda hipótese...e não estou arrependida.

Acredito que se tivesse optado pela 1ª teria tido uma vivência mais infeliz.

A partir dessa altura passei a assumir-me, e principalmente a brincar com a minha condição física.

Mas o tempo foi passando e a balança já acusava 140kg...e apesar da minha boa disposição, eu tinha consciência de que teria que fazer algo mais, do que simplesmente brincar com o meu peso.

 

Vivia irritada com o calor, cansada e sem perspectivas de futuro. Trancada dentro de casa, não me sentia á vontade para sair e ver pessoas. Evitava a família e amigos para não sentir os olhares reprovadores.

 

Achando eu, que não tinha as condições reunidas (quer monetárias, quer físicas), e principalmente devido á tão falada morosidade nos Hospitais Públicos, a cirurgia era algo inatingível...

 

Até porque tinha uma ideia preconcebida de que estas cirurgias era só para obesos com mais de 200kg, que estão na cama e não conseguem sequer sair de casa.

 

Para mim, a cirurgia era algo que só acontecia aos outros...

 

Mas tudo na vida tem o seu momento...e o meu momento chegou!

 

Um dia, mudei de emprego e a minha nova colega também era obesa e estava prestes a ser operada.

 

Foi ela a minha madrinha!

 

Foi ela que me indicou um Hospital Público que não tinha uma lista de espera infinita, e em Março 2006 tive a primeira consulta.

 

Saí daquela consulta com muitas duvidas e questões…tinha-me sido proposto um bypass gástrico e o meu desconhecimento era total, por isso quando cheguei a casa liguei o computador e procurei informação.

 

Verifiquei com grande surpresa que existia muita informação, mas não, em português de Portugal... Grande parte eram blogues brasileiros.

 

E é assim que surge o blogue...www.outroladodoespelho.blogs.sapo.pt

 

Inicialmente era um blogue feito para me auto-ajudar e pensei que ninguém iria ler nada do que escrevia…mas enganei-me porque havia quem também fazia exactamente o mesmo que eu…

 

Iam pesquisar na internet e encontravam o blogue que tinha um relato em português de Portugal…

 

Fui operada em 31 de Outubro de 2006, e o blogue acompanhou todo o meu processo do pré e pós-operatório.

Tento apoiar, dentro do que me é possível, e esclarecer dúvidas baseando-me na minha experiência pessoal todos os que chegam a mim, e que sofrem de excesso de peso, tal como eu, e procuram uma solução.

 

Porque ela existe! Não podemos é baixar os braços temos que acreditar no que somos capazes e somente quando tivermos convictos daquilo que desejamos iremos conseguir o objectivo final.

 

Porque o nosso futuro não é da responsabilidade dos outros…nós é que construímos o nosso futuro!

 

Sem desculpas, também TU poderás começar!

 

Não desesperes, sê paciente e NUNCA DESISTAS

 

225440_211567138865967_7554711_n.jpg

 

Quando comecei todo o processo de emagrecimento surgiu-me a ideia de me pesar sempre a uma data certa.

 

Não queria ficar "escrava " da balança e entrar em stress caso o ponteiro não baixasse tanto quanto eu desejasse.

Então surgiu a ideia de fazer uma tabela  com a perda de peso.  

 

Quando fiz a tabela, para mim, fazia todo o sentido colocar as medidas, para ter a noção da perca de volume. E ainda bem que o fiz!

 

Houve meses em que a balança  não dava números muito animadores...no entanto quando me media percebia, que  não tinha perdido peso, mas tinha perdido volume… e o sorriso voltava sorriso.gif

 

  

medicoes.gifAs Minhas Medidasmedicoes.gif

 

 

 

Data 

Peso  

IMC 

Peito

Braço

Cint.

Anca

Perna

30.10

120kg

41,52

130Cm

40Cm

115Cm

140Cm

83Cm

30.11

112kg

38,75

124Cm

38Cm

105Cm

136Cm

79Cm

30.12

106kg

36,68

119Cm

37Cm

99Cm

128Cm

77Cm

30.01

100kg

34,6

114Cm

37Cm

98Cm

124Cm

76Cm

28.02

97kg

33,56

111cm

35cm

91cm

118cm

76cm

30.03

95kg

32,87

109cm

35cm

89cm

118cm

73cm

30.04

90kg

31,14

106cm

34cm

85cm

117cm

72cm

30.05

85kg

29,41

104cm

33,5cm

83cm

116cm

70cm

30.06

85kg

29,41

103cm

33cm

83cm

113cm

70cm

30.07

83 kg

28,72

101cm

32,5cm

83cm

113cm

68,5cm

30.08

79,600

27,54

98 cm

29 cm

79,5cm

112cm

67 cm

30.09

76 kg

26,03

97 cm

29 cm

79 cm

111cm

65 cm

30.10

76 kg

26,03

97 cm

29 cm

79 cm

111cm

65 cm

 

 

11 de Fevereiro 2008  

Abri o mail e vi o assunto: " Já fomos Gordos"... Este era o tema do programa das Tardes da Júlia apresentado na TVI.
Sem dúvida que o tema era a minha "cara"...mas seria capaz??
O receio de me engasgar, tropeçar ou até de falhar e não conseguir transmitir a mensagem que desejaria fizeram-me recuar e até pensar em não aceitar tal convite...
Mas depois de me aconselhar com os mais próximos optei por aceitar...

Apesar dos 77kg entrei no estúdio sentindo-me como se tivesse de novo 140kg dado o peso enorme da responsabilidade de ali estar em directo...
Acreditem que levei um pouquinho de cada um de vós comigo...
Acreditem que senti a vossa força do outro lado...
Acreditem que por vocês, valeu a pena ...
Porque eu acredito que o lema é NUNCA DESISTIR!

 

 

 07 de Abril de 2008

 

Esta foi a frase que me levou a aceitar o convite para participar no programa Contacto...

 

"...Há pouco tempo descobri o seu blog e despertou-me interesse, pela forma descomplexada com que fala sobre a sua luta contra a obesidade..."

 

Cheguei ao estúdio ás 15h30m e o programa iria para o ar dentro de meia hora.
Com simpatia e apressadamente, encaminharam-me para a maquilhagem com a indicação de que teria de estar pronta dentro de 15 min.
Confesso que ser maquilhada entre Rute Marques, Arlinda Mestre e José Castelo Branco fez-me sentir muito pequenina, mas percebi agradavelmente que eles são pessoas simples como qualquer um de nós.!sorriso.gif

Rita Ferro Rodrigues carinhosamente veio cumprimentar-me e informar que eu entraria em directo dentro de pouco tempo, era só questão de aguardar que o meu nome fosse anunciado...

 

 

 

18 de Fevereiro de 2008 

Sou daquelas pessoas que acreditam que as coisas na nossa vida não acontecem por acaso...

Tudo tem um motivo...Tudo tem uma razão...


Precisamente no dia em que fazia 1 ano de ter ido ao programa "Tardes da Julia" abri o meu e-mail e li...

Cara Gina Maria,
(...) estamos a preparar um programa cujo tema será “Vencer a Obesidade”. Para os cerca de 30 minutos de conversa, os objectivos deste programa passam por conhecer o seu projecto baseado no seu blog; perceber de que forma a imagem de que temos de nós mesmo contribui para o bem-estar emocional; divulgar as várias iniciativas XXLight; enfim, dar alguns conselhos para quem procurar vencer a obesidade.
Assim, gostaríamos de contar com a sua presença no programa a emitir em 18/02/09, 4ª feira.


Com um nervosismo e tremeliques de pernas lá estive eu...sorriso.gif

 


 

20 de Abril 2009

 

Venho deixar a noticia que deu na RTP sobre o nosso 7ºEncontro XXLight em Alenquer, para quem não viu ou não foi tenha a possibilidade de roer as unhas hehehe.

 

Não se admirem se me verem lá... Sou eu mesma!sorriso.gif

 

Após 4 dias de operada, prensada e com pontos não poderia deixar de estar presente em mais um grande encontro...porque afinal o lema é NUNCA DESISTIR!


Sei que foi uma pequena loucura e até um risco, mas pela minha familia XXL valeu bem a pena!!sorriso.gif

 

 

 

 

 21 Setembro  2008

Para quem não viu a reportagem da Sic, pode aqui espreitar um pouco do nosso 5º Encontro XXLight.sorriso.gif
Para quem viveu este encontro pode sempre aqui rever um pouquinho do que foi aquele dia.sorriso.gif
10 de Setembro 2008

Podem não acreditar, mas é muito dificil conseguir manter a "correspondencia" em dia, quando se recebe cerca de 110 e-mails por dia...

Por isso, só no inicio do mês de Agosto consegui ler este mail que tinha recebido em Maio..

 

(...)Sou jornalista do Jornal 24horas e na revista de Domingo, existe um caderno "especial".
É um caderno dedicado em exclusivo à mulher.
Neste caderno, além de conselhos de moda e de beleza, onde fazemos reportagens com pessoas do meio social, tentamos também mostrar e contar as histórias daquelas mulheres, não menos famosas, mas nem tanto conhecidas no nosso meio.
Nestas páginas dedicadas à mulher temos uma rubrica específica chamada "Eu Consegui".
Aqui, contamos a história de mulheres que venceram na vida, que deram a volta por cima, que conseguiram atingir os seus objectivos.
Não é só pela sua força de vontade e por toda a luta que acredito já ter feito para perder peso.
É, simplesmente, pelo critério pedagógico que o seu blog tem e pela sua vontade de ajudar o próximo a lutar contra o peso. Percebo que não quer ficar com as coisas só para si.
Além do mais, o facto de dar a cara e o seu testemunho, neste que é um assunto ainda complicado e que muitas mulheres ainda têm medo de assumir e outras tantas não chegam mesmo a ter força de vontade.
Queria, então, saber se existe a possibilidade de poder entrevista-la. Gostava muito que aceitasse. É muito importante passar o seu testemunho(...)

Sempre com o intuito de que o meu testemunho seja algo positivo e que de alguma forma possa ajudar quem o leia, aceitei o convite e recebi no dia 2 de Setembro, com muito gosto a equipa do 24 Horas, que desde já agradeço a simpatia e profissionalismo da Vania Nunes e José Antonio Cruz. Jinho Gordo para eles sorriso.gif

A reportagem saiu no dia 7 de Setembro e quem a quiser ler basta clicar em cima das páginas respectivas.

2tent1.jpg2tent2.jpg

 

Calcule o seu IMC*

I.M.C

  

A forma reconhecida internacionalmente e recomendada pela Organização Mundial de Saúde para avaliação de peso corporal é o IMC (Índice de Massa Corporal).

Para se calcular esse índice, deve-se dividir o peso da pessoa em quilogramas (Kg) pela sua altura elevada ao quadrado.

Mas para ser mais simples poderão usar a tabela abaixo, apenas preenchendo com o vosso peso e altura.

 

Calcular IMC
Peso: kgs
Altura: m cm

 

 

IMC.gif

IMC abaixo de 20:Abaixo do Normal Se o seu biotipo for longilíneo, o seu percentual de gordura poderá estar situado na faixa considerada normal. Para um exame mais detalhado e mais preciso, procure um médico. IMC entre 20 e 25: Normal Na grande maioria dos casos, o IMC entre 20 e 25 corresponde às mais baixas taxas de mortalidade em relação ao peso. Se deseja emagrecer por motivos estéticos, tome cuidado para não submeter-se a riscos desnecessários. Se sofre de diabetes, hipertensão arterial ou excesso de colesterol e triglicerídeos e necessita perder peso, procure um médico especialista.

 

 

IMC entre 25 e 30 com cintura até 89 cm:Excesso de Peso Se a circunferência da sua cintura é inferior a 90 cm, provavelmente não apresenta um excesso de tecido adiposo (gordura) no interior do abdômen. Este, conhecido como gordura visceral, é perigoso para a saúde.Situa-se num grupo com menor probabilidade de complicações como diabetes, hipertensão arterial e hipercolesterolemia.

 

 

IMC entre 25 e 30 com cintura igual ou maior que 90 cm:Excesso de Peso Se a circunferência da sua cintura é igual ou superior a 90 cm, provavelmente está com um excesso de tecido adiposo no interior do abdômen, o que pode acarretar riscos para a sua saúde. Aconselho a sua ida a um médico para alguns exames relativos a esse acúmulo.

 

IMC entre 30 e 34:Obesidade Leve Situa-se num grupo de maior probabilidade de complicações como diabetes, hipertensão arterial e hipercolesterolemia. Procure o seu médico para que ele o oriente em relação a uma dieta para perder peso. Perdas moderadas, na faixa de 10% do seu peso actual, já podem reduzir significativamente o risco de complicações metabólicas. Se não conseguir emagrecer com uma orientação adequada sobre modificações dietéticas e prática de atividades físicas, justifica-se o uso de medicamentos, desde que devidamente supervisionado por um médico.

 

 

IMC entre 35 e 39:Obesidade Moderada O seu excesso de peso já pode estar a provocar um risco muito elevado de complicações metabólicas, como diabetes, hipertensão arterial e hipercolesterolemia, além de predispor a doenças osteoarticulares diversas. Procure o seu médico para que o oriente em relação a uma dieta para perder peso. Perdas moderadas, na faixa de 10% do seu peso atual, já podem reduzir significativamente seu risco de complicações metabólicas. Se não conseguir emagrecer com uma orientação adequada sobre modificações dietéticas e prática de atividades físicas, justifica-se o uso de medicamentos, desde que devidamente supervisionado por um médico.

 

IMC maior que 40:Obesidade Morbida É um candidato em potencial a uma série de doenças. Esta faixa é de difícil tratamento, sendo indicadas dietas rigorosas com o auxílio de medicamentos e exercícios físicos, desde que devidamente orientada por um especialista. Se o tratamento não surtir efeito, poderá ser necessária a realização de uma cirurgia para reduzir o volume do estômago. Aconselho a procurar um médico imediatamente.

 

 

A Percentagem de Gordura

 

A percentagem de gordura corporal da pessoa, é a quantidade de gordura que o corpo tem. Não se deve perder peso a partir dos músculos, ou seja da massa corporal, nem dos orgãos, nem tão pouco a gordura de reserva, pois todos estes fazem falta. Por isso devemos sempre fazer um outro tipo de exame que nos permite calcular, com precisão, o número de quilos de gordura que a pessoa tem a mais e que, por isso, deve perder.

O ser humano tem sempre uma certa gordura que é a de reserva, e que protege os ossos e alguns orgãos, ajuda a regular a temperatura do corpo e serve de reservatório para usarmos quando estamos doentes, e temos dificuldade em comer.

As mulheres têm sempre mais gordura, pois têm que proteger certos orgãos quando engravidam, enquanto os homens têm mais massa muscular,é uma questão de constituição

Esta calculadora serve apenas para se ter uma medição aproximada da taxa de gordura corporal.

 

 

Calcular a % de Gordura
Sexo: masc fem
Peso: kgs
Idade:
Altura: m cm

 

 

..::Classificação::..
..::Homens::..
..::Mulheres::..
Excepcionalmente baixo
6% a 10%
10% a 15%
Baixo
11% a 14%
16% a 19%
Ideal
15% a 18%
20% a 25%
Moderado
19% a 24%
26% a 29%
Excesso de peso
Maior de 25%
Maior de 30%

 

O Peso Ideal

Quando temos que determinar qual o peso ideal para uma pessoa, tem que se ter em conta os seguintes factores...idade, sexo, estrutura óssea, massa muscular e percentagem de gordura em excesso.

A calculadora abaixo segue a fórmula conhecida como Fórmula do Dr. Devine, e pode apresentar valores mais abaixos especialmente para mulheres muito baixas. Outro factor limitante nesta fórmula é que não leva em conta a idade da pessoa.

 

Calcular o Peso Ideal
Sexo: masc
fem
Altura: m cm