Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gorda sim, mas com Humor!

Sou uma Ex-Obesa Morbida e criei este blog apenas para que a minha experiencia possa ajudar e esclarecer quem tambem sofre desta doença

[10] Carmita

 

 

Nome: Carmita

Idade: 38 Anos

Altura:1,56

Peso: 120Kg /Actualmente com 90kg

Situação: Fez a cirurgia Banda Gastrica 09.02.2003

Data do Testemunho: 09.12.2006

 

 

 

 

Fui operada em Fevereiro 2003 , com 35 anos coloquei a banda gástrica correu tudo bem, o pós operatório também não me custou fazer a dieta liquida e dia para dia ia perdendo peso uma aminação..... Passados 2 meses comecei a não perder peso e no terceiro mês quando fui para fazer o primeiro ajuste o médico não conseguiu acertar no reservatório...mandou-me passar lá na semana seguinte porque tinha que trazer agulhas maiores pois possivelmente o reservatório estaria muito fundo! Quando voltei e vi as agulhas enormes, só me deu vontade de sair dali a correr, e mais uma vez não conseguiu ajustar.

Com estas idas e vindas, quase passou 1 mês e... resultado tive que ir ao bloco operatório para fazer a recolocação da banda. Resumidamente... voltou tudo ao início, desde a dieta líquida, pastosa e depois mais consistente. Só que desta vez o médico disse-me que deveria de ter mais cuidado para não fazer esforços, mas eu tenho que fazer a minha vida normal e os sacos das compras não vão sozinhos ter comigo!!! Deixei de pegar em pesos.... Andei mais 6 meses, e pouco ou nada perdia de peso, e até á data tinha perdido 13 quilos.

Passados 1 ano, comecei a comer a ter fome etc etc....e o mais estranho é que já comia como se não tivesse a banda. Comecei a recuperar o peso perdido. Nos 6 meses seguintes comecei a vomitar tudo o que comia, não conseguia aguentar muito tempo no estômago, pois vomitava tudo.... e como consequência tive um esvaziamento da banda e dei entrada no hospital, fui operada de urgência (num dia de greve de enfermeiros...não podia ser tudo mau). Correu tudo bem! Tive alta passado uns dias vim começar de novo(pela 3ª vez) só que agora, não tinha a banda ajustada simplesmente estava em volta do estômago mas sem estar apertada, e como resultado tive umas belíssimas férias e comia de tudo, e quanto mais comia mais fome tinha, ou seja o peso que tinha perdido veio todinho de novo.

Estamos em meados de 2005 voltei de novo á consulta, fui observada, e foi detectada uma mancha no pulmão resultado de uma problema que tinha tido anterior, a tudo isto claro o sistema nervoso alterou de tal forma que mal conseguia comer, mas engordar era a olhos vistos…fiz análises andei sempre controlada... tudo bem, valores bons para a minha idade… com tanta engorda voltei a entrar numa fase menos boa em que desanimei já não queria saber de mais nada. Em Junho de 2006 voltei de novo á consulta em que a minha médica voltou a ajustar a banda e agora pela 4ª vez estou a emagrecer, mas não como desejaria estou mais leve sim, mas a um ritmo muito lento, ganhei coragem inscrevi-me num ginásio, e já lá vão uns kilinhos no entanto estão a ponderar retirar-me a banda e fazer by-pass gástrico!!!! Pois eu sou um mau exemplo de banda gástrica! Nem tudo são rosas, ou melhor nem tudo são kilos de gordura perdidos, tenho tido alguns dissabores. E como em tudo na vida, há as percentagens boas e as menos boas e eu tenho andado sempre nas menos agradáveis. Vou continuar nesta luta entre mim e uma banda de silicone, que me deixa com água na boca porque quero comer mais comida consistente e só me deixa passar bem os liquidos. Imaginem os meus agradáveis almoços de sopinha para a frente e para trás e uma vez por outra lá consigo comer algo mais e fico logo cheia …..o que eu gostava mesmo é que todo este meu sacrifício fosse compensado perdendo mais uns quilos, usar calças de ganga era um sonho, vamos ver se um dia será realidade!

Aqui fica o meu testemunho para que todos não pensem que é só colocar a banda gástrica e os quilos desaparecem... há sempre o reverso da medalha, o sabor amargo! Mas não irei desistir :)
Um abraço para todos e obrigado a quem me tem ajudado.